SOLA
2016
uma criação de Marta Chasqueira - flamenco tradicional.

.

Marta Chasqueira é acompanhada por Laura Castro (voz), Carlos Mil-Homens (percussão), Juantxin Osaba (guitarra clássica); o texto (de Joana Bértholo) é narrado por José Neto; encenação e dramaturgia de António Rodrigues.

“Estar sozinho é muito diferente de estar só.” Sola é um espectáculo de dança que, a partir do flamenco tradicional, nos vem falar de um percurso. O do amor-próprio. Sola é também, e por isso, uma declaração de amor. De um amor maior, que atravessa os corpos e não se personifica em nenhum, ou que habita todos. Fala da aprendizagem vital de estar bem consigo, aquela que dissolve toda e qualquer solidão. Mesmo, e sobretudo, quando a sós. Fala de encontros e desencontros e de ser a cada dia um bocadinho mais genuína, mais a mulher que se é, sola. Sola soa ainda a uma metáfora da própria vida, apresentando-se como um vinco definitivo na carreira a solo da bailarina e coreógrafa Marta Chasqueira.

PRÓXIMAS DATAS

.

.

.

.

.

.

SEGUIR + NOVIDADES (facebook)

.